A Estrada

Ano: 1954

Duração: 108 minutos

Datas de Exibição: Novas datas e horários brevemente disponíveis

Nunca houve um rosto como o de Giulietta Masina. O seu marido, Fellini, dirige-a no papel de Gelsomina em A Estrada, o filme que estabeleceu o seu carisma internacional. Figura frágil e ingénua num mundo sem amor, Gelsomina é vendida pela mãe a Zampanò (Anthony Quinn), um saltimbanco forte e bruto que a leva para trabalhar com ele na sua vida de estrada, dando-lhe um número burlesco. Quando este encontra um velho rival, o artista que dá pela alcunha de “O Louco” (Richard Basehart), a fúria do homem musculado é provocada até ao ponto de rutura. Uma parábola com notas musicais de um Charlot trágico.

 

 

Aqui Fellini trocou qualquer familiaridade com o neorrealismo pela fábula poética, inspirando uma das suas mais populares personagens, Gelsomina, nascida de uma caricatura de palhaço feita pelo realizador no seu bloco de notas.

"A Estrada" venceu o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

“Todos os meus filmes andam à volta desta ideia. Há um esforço de mostrar um mundo sem amor, personagens egoístas,  pessoas a explorarem-se umas às outras, e, no meio de tudo isto, há sempre – e especialmente nos filmes com Giulietta –  uma criaturinha que quer dar amor e que vive para o amor.

Giulietta tem a leveza de um fantasma, um sonho, uma ideia. Ela possui os movimentos, a perícia mímica de um palhaço.”

Federico Fellini