Sobre o FEST — Cineclube de Espinho

Há muito que a cidade de Espinho se destaca no panorama nacional por ser o grande palco de dois dos mais dinâmicos e influentes festivais de cinema do país. Apesar de tanta atividade cinematográfica, o FEST sentia a falta de um capítulo vital na história cinematográfica da cidade, uma vez que o cineclubismo foi importante para Espinho nas décadas de 70 e 80.

O FEST — Cineclube de Espinho nasce no início de 2019, com a vontade de trazer o melhor cinema à cidade ao longo de todo o ano, de criar uma comunidade e espaço de debate para todos os amantes e admiradores da sétima arte, e colocar Espinho, ainda mais, no mapa nacional e internacional de cinema. Um espaço que se quer da comunidade e para a comunidade, é cada vez mais nossa intenção que a população local se envolva nas suas sessões, promova debates e sugira filmes.

 

 

Pode consultar a programação de Dezembro de 2022 aqui.
__

 

PROGRAMAÇÃO 2019-2022:

"Shoplifters"
 de Hirokazu Koreeda (JPN)
"Girl: Sonho de Lara"
 de Lukaz Dhont (NLD; BEL)
"Ciclo Interrompido"
 de Felix Van Groeningen (BEL; NLD)
"O Verão de Sangaile"
 de Alante Kavaite (LTU; FRA; NLD)
"O Dia mais feliz da vida de Olli Maki"
 de Juho Kuosmanem (FIN; SWE; DEU)
"A tribo" de Myroslav Slaboshpytskyi (UKR; NLD)
"Miss Violence"
 de Alexandros Avranas (GRC)
"Mug"
 de Malgorzata Szumowskai (POL)
"Parasitasde Bong Joon Ho (KOR)

"LOVE"
de Gaspar Noé (FRA)
"A Canção do Marde Tomm Moore (IRL)
"Guerra Fria" de Paweł Pawlikowski (POL)
"Frankie" de Ira Sachs (FRA; PRT)
"O Culpado" de Gustav Moler (DNK)
"Nascente" de Bia Vilela (BRA)
"O Mistério Da Carne" de Rafaela Camelo (BRA)
"All Good"
de Luisa Ricar (CHE)
"Adeus à Carne"
de Julia Anquier (BRA)
"La Bonita"
de Maria Del Mar Rosario (CUB; PRI)
"Contrapposto"
de Íris Souto (PRT)
"EVE"
de Agathe Riedinger (FRA)
"Everlasting Mom"
de Elinor Nechemya (ISR)
"Without Love"
de Dina Duma (MKD)
"The Last Virgin"
de Bàrbara Farré (ESP)
"Os Inúteis"
de Federico Fellini (FRA; ITA)
"A Estrada"
de Federico Fellini (ITA)
"FELLINI 8 ½"
de Federico Fellini (ITA)
"La Dolce Vita"
de Federico Fellini (ITA; FRA)
"Julieta dos Espíritos"
de Federico Fellini (ITA)
"A Voz da Lua"
de Federico Fellini (ITA)
"Disponível para Amar"
 de Wong Kar-wai (HKG; FRA)
"Anjos Caídos"
de Wong Kar-wai (HKG)
"Chunking Express"
de Wong Kar-wai (HKG)
"2046"
de Wong Kar-wai (HKG; CHN; FRA; ITA; DEU)
"Titane"
 de Julia Ducournau (FRA; BEL)
"Mais Uma Rodada"
 de Thomas Vinterberg (DNK; SWE; NLD)
"Má Sorte no Sexo ou Porno Acidental"
 de Radu Jude (ROU)
"Metamorfose dos Pássaros"
 de Catarina Vasconcelos (PRT)
"Colective"
 de Alexandre Nanau (ROU)
"Jogo de Damas"
 de Patrícia Sequeira (PRT)
"I AM GRETA"
 de Nathan Grossman (SWE)
"Terra Franca"
 de Leonor Teles (PRT)
"Linhas Tortas"
 de Rita Nunes (PRT)
"Sophia Na Primeira Pessoa" de Manuel Mozos (PRT)
"A Herdade"
 de Tiago Guedes (PRT)
"O Que Arde"
 de Olivier Laxe (ESP)
"Technoboss"
 de João Nicolau (PRT)
"A Portuguesade Rita Azevedo Gomes (PRT)
"Na Cavede Ulrich Seidl (AUT)
"Ordem Moralde Mário Barroso (PRT)
"Verão Danadode Pedro Cabeleira (PRT)
"Diarios de Otsogade Maureen Faendeiro & Miguel Gomes (PRT)
"Academia Cranston" de Leopoldo Aguilar (MEX; GBR; CAN)
"O Filme do Bruno Aleixo"
 de João Moreira & Pedro Santo (PRT)
"DOT COM" de Luís Galvão Teles (PRT; ESP)
"Altamente Imperfeitos"
 de Kelly Asbury (CHN; CAN; EUA; TWN)
"ECHO - Mosaico de Natal"
 de  Runnar Runnarsson (ISL)
"Cai na Real, Corgi"
 de Ben Stassen (BEL)
"A Mãe é que sabe"
 de Nuno Rocha (PRT)
"Arthur Christmas"
 de Sarah Smith & Barry Cook (GBR; EUA; IRL; FRA; CAN)
"Anna e o Apocalipse"
 de John McPhail (GBR)
"Milagre de Milão"
 de Vittorio di Sica (ITA)
"Drive My Car"
 de Vittorio di Sica (JPN)
"Direito a Memória"
 de Rúben Sevivas (PRT)
"Em Guerra"
 de Stephane Brizé (FRA)
"A Pior Pessoa do Mundo"
 de Joachim Trier (NOR)
"Mãe Há Só Uma"
 de Anna Muylaert (BRA)
"Marighella"
 de Wagner Moura (BRA)
"Boi Neon"
 de Gabriel Mascaro (BRA)
"Divino Amor"
 de Gabriel Mascaro (BRA)
"O Som ao Redor"
 de Kleber Mendonça Filho (BRA)
"A Vida Invisível"
 de Karim Ainouz (BRA)
"Honey Landde Tamara Kotevska & Ljubomir Stefanov (MKD)
"OldBoy" de Park Chan-wook (KOR)
"Um Herói"
 de Asghar Farhadi (IRN; FRA)
"Alcarràs"
 de Carla Simón (ESP; ITA)
"Recreio"
 de Laura Wandel (BEL)
"José e Pilar" de Miguel Gonçalves Mendes (PRT; ESP; BRA)
"Alvorada"
 de Carolina Neves (PRT)
"Alcindo"
 de Miguel Dores (PRT)
"Na Fronteira"
 de Ali Abbasi (SWE; DNK)
"O Deserto Vermelho" de Michelangelo Antonioni (ITA, FRA)
"Teus Braços, Minhas Ondas" de Débora Gonçalves (PRT)
"A Volta ao Mundo Quando Tinhas 30 Anos" de Aya Koretzky (PRT)
"Triângulo da Tristeza" de Ruben Ostlund (SWE, FRA, EUA)
"VORTEX" de Gaspar Noé (FRA, BEL, MCO)
"Ladrões de Bicicleta" de Vittorio De Sica (ITA)