New Directors | New Films
Selecção Be Kind Rewind 2019
15.04.2019

À medida que caminhamos para as celebrações do 15º aniversário do FEST, começamos a desvendar o programa de cinema, com o Be Kind Rewind que promete uma programação dedicada aos últimos 15 anos do FEST, relembrando o passado mas com olhos postos no futuro.

Tendo começado em 2004, o FEST não esquece os trabalhos e os artistas que viu crescer, incluindo nomes como Sean Baker, Ruben Ostlund, Manuel Abramovich, Jonathan Glazer, Pedro Pinho e muitor mais. Assim, a secção do Be Kind Rewind de 2019, apresenta uma retrospetiva composta por várias obras exibidas em Espinho, ao longo da história do FEST.

O BKR este ano, está organizado de forma temática, com filmes que abrangem um pouco de tudo, incluíndo obras que desafiam perceções comuns do que é um documentário; outras que ousam redifinir as fronteiras do amor e do sexo; obras destinadas a provocar as mais experientes das audiências; e muito mais.

Abrimo-vos o apetite para o Be Kind Rewind com alguns filmes já confirmados, que achamos por bem destacar.

O programa inclui o regresso do inesquecível Manoman (2015) de Simon Cartwright, uma animação que conta a história de um homem a atravessar uma crise de meia idade, atormentado por um pequeno demónio que vira a sua vida do avesso.
Cracks, de Koen van Sande, apresenta-nos uma prespetiva diferente acerca da emigração na Bélgica, obrigando-nos a relfetir sobre a realidade do clash cultural.
Bernhard Wenger volta a destacar-se, após vencer o Lince de Prata de Ficção em 2018, com o retorno do filme Excuse me, i’m looking for the ping pong room and my girlfriend (2018)ao FEST. O trabalho do realizador austríaco vai ainda marcar presença noutras partes do festival.
Para uma visão diferente sobre o conflito na síria, o Be Kind Rewind recupera um dos documentários mais galardoados internacionalmente: 9 days - From my window in Aleppo.
(2016) Por último, destacamos a curta-metragem de Ricardo Leite A Instalação do Medo (2016). Um filme produzido em Espinho e vencedor do Prémio do Público em 2017, um nome português entre alguns outros, que a secção do Be Kind Rewind vai relembrar este ano.

Esta secção não-competitiva é uma ótima oportunidade para se ficar a conhecer os trabalhos mais revolucionários que já passaram pelo festival.

Mas não ficamos por aqui. O Be Kind Rewind reserva ainda muitas surpresas, a serem reveladas em breve.

Contamos convosco para fazermos a festa dos 15 anos do FEST todos juntos.

 

SELEÇÃO

 

Pale Blue Dot (2015)
Pourya Ezzati Pour - Alemanha

 

I would like to be enraptured, muzzled, and on my back tattooed (2015)
Andy Malafaia - Brasil

 

Voyeur (2016)
Pedro Florêncio - Portugal

 

Manoman (2015)
Simon Cartwright - Reino Unido

 

Papa Wrestling (2009)
Fernando Alle - Portugal

 

Blind Audition (2017)
Andreas Kessler - Alemanha

 

Pussy (2016)
Renata Gasiorowska - Polónia

 

Silence (2016)
Dejan Mrkic - Austrália

 

The Treehouse (2017)
Juan Sebastián Quebrada - Colombia

 

The Last Virgin (2017)
Bàrbara Farre - Espanha

 

Playfellows (2014)
Ábel Visky - Hungria

 

March 9th (2010)
Irena Skoric - Croácia

 

Ready to Assemble (2017)
Astrid Thorvaldsen e Erik Paulsen - Noruega

 

Snake (2017)
Titas Laucius - Lituânia

 

Herman the German (2015)
Michael Binz - Alemanha

 

Larp (2014)
Kordian Kadziela - Polónia

 

Cracks (2016)
Koen van Sande - Bélgica

 

Cavy World Cup (2017)
Maria Philips - Países Baixos

 

SOG (2017)
Jonatan Schwenk - Alemanha

 

A cat's consciousness (2017)
Andrea Guizar - México, Polónia

 

Apocalypse (2016)
Justyna Mytnik - Polónia

 

Lux (2015)
Bernardo Lopes e Inês Malveiro - Portugal

 

Excuse Me, I'm Looking for the Ping-pong Room and My Girlfriend (2018)
Bernhard Wenger - Áustria

 

The Beep Test (2017)
Maxime Aubert - Canadá

 

Amor (2017)
Isabel Lamberti - Países Baixos

 

To all my friends (2010)
Behrouz Bigdeli - Dinamarca

 

#YA (2015)
Ygor Gama e Florencia Rovlich - Argentina, Chile, Alemanha

 

Dust (2017)
Jakub Radej - Polónia

 

Homeland (2016)
Sam Peeters - Bélgica

 

9 days – From my window in Aleppo (2016)
Floor van der Meulen, Issa Touma e Thomas Vroege - Países Baixos, Síria

 

The Meadow (2015)
Jela Hasler - Suiça

 

Connection (2016)
Horizoe Garcia Miranda - Cuba

 

Farewell to Flesh (2017)
Julia Anquier - Brasil

 

Room for Rent (2016)
Enock Carvalho e Matheus Farias - Brasil

 

Palhaços (2015)
Pedro Crispim - Portugal

 

A Instalação do Medo (2016)
Ricardo Leite - Portugal

 

The Giant (2012)
David Raboy - Estados Unidos da América