Salomé Limón

Ocupação na indústria: Engenheira e Produtora de Som

Nacionalidade: Espanhola

Principais trabalhos: Bajo las Estrellas (2007) e Casi 40  (2018)

Prémios principais e nomeações: Vencedora de um Grammy Latino para Best Instrumental Album por "Spain Forever" (2016)

Salomé Limón é uma produtora e engenheira de som, baseada em Madrid cuja carreira se estende desde a música até à indústria cinematográfica.

Estudou engenharia de som em Madrid em 2004 e, pouco depois, começou a trabalhar na Casa Limón Studio. O seu primeiro projeto foi “El Cantante”, um álbum de Andrés Calamaro. Tem trabalhado com nomes incríveis da indústria musical, tais como Paco de Lucía, Anoushla Shankar, Mariza e muitos outros.

A sua carreira na indústria cinematográfica data de 2006, quando gravou a música para o filme de David Trueba Bienvenido a Casa. Salomé Limón também trabalhou como técnica de gravação em Bajo las Estrellas (2007). Mais recentemente, foi supervisora de edição de som em Ismael (2013) e Casi 40 (2018).

Em 2016, “Spain Forever”, álbum de Michel Camilo e Tomatito e produzido por Salomé que ganhou o Prémio de Melhor Álbum de Música Instrumental Latina. Também produziu, gravou e misturou o quarto álbum de Maria Toledo, “Magnetic” e foi nomeada ainda para outro Prémio Latino, para Melhor Engenheira de Som e Melhor Álbum Flamenco.

Salomé é também uma voz para as mulheres na música. Em 2015 gravou, misturou e produziu “De Mujer a Mujer”, um projeto de música mundial com 14 cantoras espanholas, em colaboração com a fundação Vicent Ferrer. Atualmente, trabalha em colaboração com a Agência de Comunicação e Gênero, lutando pela igualdade de género na área de comunicação e tudo o que ela envolve.