Stephen Warbeck

Ocupação na indústria: Compositor

Nacionalidade: Britânica

Principais Trabalhos: "Shakespeare in Love" (1998) e "Billy Elliot" (2000)

Principais Prémios e Nomeações: Vencedor de Óscar de Melhor Música por "Shakespeare in Love" (1999), Nomeado ao BAFTA nos anos1992, 1995, 1999 e 2001 e Vencedor de Melhor Música Original para Televisão por "The Hollow Crown" (2013)

Stephen Warbeck começou a estudar piano e a compor com quatro anos. Os seus pais eram músicos amadores entusiastas que encorajaram Stephen a prosseguir os seus talentos musicais. Na sua adolescência, Stephen desenvolveu uma afinidade pelo rock 'n' roll, bem como pelo teatro. Estudou Teatro e Francês na Universidade de Bristol e começou a sua carreira no Theatre Royal como músico e ator.

Após oito anos de trabalho como compositor e intérprete, Stephen começou a escrever música para o cinema e televisão. Desde o início dos anos 80, construiu uma filmografia considerável com até cem projetos onde está creditado.

Compôs para muitas longas-metragens, incluindo "Proof" (2005), "Quills" (2000), "Billy Elliot" (2000), "Mon Roi" (2015) e "Shakespeare in Love" (1998), que lhe fez ganhar um Prémio da Academia e várias nomeações para Melhor Música.

Warbeck compôs também para muitas séries televisivas, tais como "Screen Two" (1985), "Prime Suspect" (1991) e "The Hollow Crown" (2012), pelo qual ganhou um Prémio BAFTA para Melhor Música Original para Televisão.

Além de compor para o cinema e televisão, Stephen escreveu música para numerosas dramas radiofônicos e é membro fundador da anárquica banda de pub The hKippers. Ele tem o seu próprio grupo e outra pequena banda chamada The Metropolitan Water Board.

Os seus últimos trabalhos foram as produções britânicas "The Winter Butterfly", realizada por Marcus Tozini, e "Timeless Eye", que estreou em 2018

Voltar à página dos Oradores