Mick Audsley

 Ocupação na Indústria: Editor

Nacionalidade: Britânica

Principais Trabalhos:

Principais Prémios e Nomeações: Vencedor do BATFA por "The Snapper" (1994) e nomeado ao BAFTA por "Dangerous Liaisons" (1990)

 

Mick Audsley é um importante editor de cinema e televisão com um trabalho editorial de mais de 50 títulos, abrangendo quase 40 anos de trabalho.

Colaborou com directores como Terry Gillian, Stephen Frears, Mike Newell e Neil Jordan e é mais conhecido pelo seu trabalho em "Interview with the Vampire" (1994), "12 Monkeys" (1995), "High Fidelity" (2000), "Harry Potter and the Goblet of Fire" (2005), "The Zero Theorem" (2013) e "Everest" (2015).

Mick Audsley concluiu a sua pós-graduação no Royal College of Art e, posteriormente, começou a sua carreira na edição de filmes no British Film Institute Production Board, onde trabalhou com o realizador-escritor Bill Douglas cortando o filme final da trilogia autobiográfica de Douglas "My Way Home".

A sua extensa colaboração com Stephen Frears começou com "Walter" (1982), um filme televisivo protagonizado por Ian McKellen, e continuou desde então, trazendo a Audsley uma nomeação BAFTA para Melhor Montagem para "Dangerous Liaisons" (1988), e um Prémio BAFTA TV para Melhor Filme ou Vídeo Editor de Ficção/ Entretenimento, para "The Snapper" (1993).

Audsley também trabalha na supervisão de filmes e como consultor de edição de longas, curtas e séries de televisão.