Um pombo pousou num ramo a refletir na existência

Realizador:  Ray Andersoni

País: Suíça

Duração: 110 minutos

Género: Drama

Data de Exibição: 19 de março às 21h30

Local: Auditório do Casino Espinho

 

Como um D. Quixote e um Sancho Pança dos nossos tempos, Sam e Jonathan, dois caixeiros-viajantes vendendo artigos de diversão levam-nos numa viagem caleidoscópica pelo destino dos humanos. Uma viagem que nos mostra a beleza de alguns momentos, a mesquinhez de outros, o humor e a tragédia que faz parte de nós, a grandeza da vida bem como a fraqueza da humanidade.

O ciclo Nordic Lights encerra com a mais consagrada obra (ganhou o Urso de Ouro em Veneza) do mestre do humor surreal sueco, o lendário e verdadeiramente único Roy Anderson. Neste último capítulo da sua trilogia Ser Um Ser Humano repete com enorme elegância o seu processo de humor desconfortável, embaraçado e sempre deslocado e tresloucado, seguindo a rigidez de uma estética tão acinzentada como o sol que a viu nascer. Após este filme nunca mais vão pensar em comédia da mesma forma.

 

 

 

Marcar na Agenda

Voltar ao programa do Cineclube