John Warhurst and Nina Hartstone - Estudo de caso da edição de som de“Bohemian Rhapsody
Masterclass

É isto realidade? Ou é só fantasia? São estas as perguntas que o ator Rami Malek coloca ao público por causa do seu retrato real de Freddie Mercury no filme “Bohemian Rhapsody” ser tão convincente que foi difícil de acreditar que Malek não era realmente Mercury algures renascido — especialmente quando a personagem que representava Freddie cantava.

Isto deveu-se por que quem cantava (na maior parte) era realmente Freddie Mercury. Além de cantar, especialmente nas cenas do ‘não-concerto’, foi desempenhado por  Freddie Mercury sound-alike Marc Martel. Juntar essas vozes e fazê-las emergir da boca de Malek Putting requiriu mais do que ‘cuidado’ ao editar.

John Warhurst e Nina Hartstone fazem parte da equipa que conseguiu este resultado fabuloso. Nesta masterclass, este par vai apresentar um caso de estudo sobre como eles conseguiram um resultado notável.

 

Sem Ficha Técnica